Grupo Espírita Francisco de Assis

NAVEGUE COM FUNDO MUSICAL - CLIQUE AQUI!

Apresentação

O Grupo Espírita Francisco de Assis (GEFA) é uma entidade filantrópica sem fins lucrativos, localizada na cidade de Campos dos Goytacazes-RJ, e tem como finalidades primordiais:

• O estudo e a divulgação da Doutrina Espírita, com base nos ensinamentos cristãos e nos moldes da Codificação empreendida por Allan Kardec;

• A promoção material e espiritual da caridade, através de ações de assistência social e humanitária.

Está filiada à Liga Espírita de Campos e mantém atualmente, no setor assistencial, em caráter totalmente gratuito, o Albergue Noturno Francisco de Assis, o Clube de Gestantes e o Projeto "Conquistando Artistas Novos Oswaldo de Albuquerque" (CANOA), além de desenvolver variadas atividades doutrinárias e sócio-culturais.


ATIVIDADES DOUTRINÁRIAS E CULTURAIS

Estudos doutrinários
  (segundas-feiras, 19:30h / terças-feiras, 18:30h)

Palestras doutrinárias públicas e passes
  (terças-feiras, 20h / quartas-feiras, 16h / domingos, 09h)

Educação espírita infanto-juvenil
  (terças-feiras, 20h / domingos, 09h / domingos, 17h - Mocidade)

Departamento Feminino e Clube de Gestantes
  (quartas-feiras, 14h)

Livraria e Biblioteca
  (terças-feiras, 20h / domingos, 09h)





“Um templo espírita não é simples construção de natureza material. É um ponto do Planeta onde a fé raciocinada estuda as leis universais, mormente no que se reporta à consciência e à justiça, à edificação do destino e à imortalidade do ser. Lar de esclarecimento e consolo, renovação e solidariedade, em cujo equilíbrio cada coração que lhe compõe a estrutura moral se assemelha a peça viva de amor na sustentação da obra em si.”


EMMANUEL

Espiritismo em vídeos


Leia nosso informativo

Jornal GEFA 2015
O Franciscano 2013

Mensagem

Mensagem do mês

Para agosto/2017

APRENDENDO COM CHICO XAVIER


"ÁGUA DA PAZ"


Quando começou a ter as primeiras visões, ainda criança, Chico passou a ser chamado de louco pelo próprio pai e por moradores de Pedro Leopoldo, a cidade onde nasceu. Só sua mãe o entendia, mas morreu cedo, quando Chico tinha apenas 5 anos.


Logo depois da morte, ele começou a ver - e ouvir - o espírito da mãe no quintal da casa da madrinha. Era com ele (o espírito) que Chico desabafava. Na época, menino ainda, ele se permitia reclamar - e reclamava muito - das perseguições, castigos, desconfianças.


Eram diárias as queixas até a tarde em que a mãe - ou melhor, o espírito dela - apareceu para dar uma receita ao filho, já adolescente:


- Água da paz. Ela vai te ajudar.


Chico procurou nas farmácias da região, pediu aos tios para buscar o remédio em farmácias da capital, Belo Horizonte, mas as buscas foram inúteis.


Quando a mãe reapareceu no quintal, Chico pediu socorro.


- Procurei em todo o canto e não encontrei a tal água da paz.


Só então a busca terminou:


- Pode ser água da bica mesmo, meu filho. Você põe na boca e só engole ou joga fora quando a vontade de reclamar tiver passado.


Chico passou a vida com a água da paz na boca, medindo palavras, engolindo queixas e desaforos.


__________________________


(Excertos do livro "As lições de Chico Xavier", de Marcel Souto Maior - S. Paulo, Editora Planeta do Brasil, 2005)

Sites recomendados

Rua Saldanha Marinho, 189 • Centro • Campos dos Goytacazes-RJ • CEP: 28010-271 • Tel.: (22) 2722-2161
E-mails: gefa.campos@yahoo.com.br (Assuntos administrativos)
   campos.gefa@gmail.com (Assuntos doutrinários)

Ilustrações (apud Araújo, Humberto Leite de, in “De Francisco de Assis para você...” )
1- Autor: Hector Sapia, copyright Aliança da Fraternidade
2- Autora: Dulce Mary de Oliveira Monte, sobre foto do filme “Irmão Sol, irmã Lua” (Paramount Pictures)
Fundo musical: Doce Paz (Nando Cordel)

Pageviews: 109532